Na Imprensa

Banco do Povo de Jundiaí vai participar do Mutirão do Microcrédito

Terça-feira, 11 de novembro de 2008

Unidade do BPP em Jundiaí

Unidade do BPP em Jundiaí
foto: divulgação

O Banco do Povo Paulista - Jundiaí completa o seu milésimo processo de financiamento e se prepara para participar, no dia 25 de novembro, do Mutirão do Microcrédito junto com outros 430 municípios do Estado. Para compor a meta do Governo do Estado, de liberar 1.120 novos financiamentos no Mutirão, Jundiaí terá que conceder pelo menos seis novos financiamentos. O pequeno empreendedor que necessita de recursos novos para seus negócios pode procurar o Banco do Povo no Centro das Artes, à Rua Barão de Jundiaí, 1093.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jorge Yatim, ressalta que o Mutirão do Microcrédito é mais um chamado para as pessoas que querem alavancar seu pequeno negócio. "É uma oportunidade excelente para quem tem um pequeno negócio e está precisando melhorar sua produtividade e tem dificuldade de conseguir financiamento em outro banco. No Banco do Povo os juros são baixos e as condições do financiamento são boas". O secretário lembra que existem pessoas que já fizeram cerca de dez financiamentos desde a instalação do Banco do Povo. "Tudo é facilitado, porque o objetivo do Governo é favorecer as pessoas que têm um pequeno empreendimento".

O supervisor operacional do Banco do Povo, Alessando Chagure, em visita à unidade Jundiaí, informou que o Mutirão do Microcrédito tem por objetivo "fazer a divulgação do Banco do Povo em nível estadual, levando ao conhecimento da população como ele funciona, para que possam se beneficiar do atendimento". Segundo ele, serão 500 agentes de crédito em todo o Estado e cada um deve captar dois novos interessados no financiamento.

Instalado em Jundiaí em junho de 2000, o Banco do Povo é uma parceria entre o Governo do Estado, a Prefeitura e o Banco Nossa Caixa S/A. Ele foi criado para facilitar o acesso dos pequenos empreendedores ao crédito. Os financiamentos são concedidos para pessoa física ou jurídica na compra de máquinas e equipamentos, mercadorias, matéria-prima, consertos de motores de caminhão, entre outras. Dos financiamentos já concedidos, 99% foram para pessoa física, com valores que variam de R$ 200,00 a R$ 5.000,00. Para pessoa jurídica os financiamentos variam de R$ 200,00 a R$ 7.500,00.

Em Jundiaí, o Banco do Povo financiou desde o início R$ 2.621.044,62 e tem como saldo disponível no momento valor aproximado de R$ 1.300.000,00 para novos financiamentos. O Banco do Povo iniciou o atendimento em Jundiaí com saldo disponível de R$ 500.000,00, sendo que 90% do valor era do Estado e o restante da Prefeitura. No Estado, o Banco do Povo concedeu nos 10 primeiros anos de atividades, financiamentos com total de R$ 500 milhões e a meta do Governo do Estado é de emprestar os mesmos R$ 500 milhões só que agora em cinco anos.


O BANCO DO POVO

De acordo com os agentes de crédito Nilson Mazeli e Ana Teresa Lanza, não há dificuldades para obter o benefício do Banco do Povo. Eles apenas lembram que o interessado não recebe em dinheiro, mas ele tem o bem financiado pela Nossa Caixa. "O financimento pode ser feito em até 36 meses para pessoa jurídica e 24 vezes para pessoa física, explica Nilson, com juros fixos de 1% ao mês e não tem tarifa adicional. A inadimplência é quase zero. O objetivo é de beneficiar o pequeno empreendedor".

Os financiamentos se destinam às pequenas empresas e pessoas físicas que trabalhem por conta própria ou tenham um negócio que contribua para a renda familiar e que apresente características de baixa renda. O interessado deve estar produzindo no município há mais de seis meses com firma aberta ou não. Deve residir ou ter negócio no município há mais de dois anos e ter endereço fixo. Deve ter nome limpo no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no SERASA e ter o total de vendas menor que R$ 150 mil nos últimos 12 meses.

O primeiro passo do candidato ao financiamento é verificar se atende às exigências do Banco do Povo. Para obter tais informações, o interessado deve contatar um agente de crédito na sede do Banco, no Centro das Artes. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas. Às quintas-feiras é das 11 às 16 horas. Telefones: 4522-2460 ou 4522-5938.

Fonte: Prefeitura Municipal de Jundiaí - 11/11/2008
Site: www.jundiai.sp.gov.br