Na Imprensa

Banco do Povo e MEI: mais uma agência na Capital

Terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Foto: Patrícia Cruz/LUZ

Guilherme Afif Domingos, secretário do Emprego e Relações do Trabalho:
"O Banco do Povo é o BNDES do empreendedor paulista".

A Distrital Centro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) inaugurou ontem a terceira das 15 agências que reunirão o Banco do Povo Paulista e o atendimento ao Microempreendedor Individual (MEI) nas 15 distritais da ACSP espalhadas pela cidade de São Paulo. As implantações, fruto de parceria entre a ACSP, Prefeitura e Estado, começaram na semana passada pelas distritais de Santo Amaro e São Miguel Paulista.

O presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti, disse que a parceria é apenas "o primeiro degrau de uma longa escada que vai ajudar a melhorar a vida dos empreendedores". Para Burti, o esforço para beneficiar os empreendedores individuais, micro e pequenos empresários será exemplo para todo o Brasil.

O secretário estadual do Emprego e Relações do Trabalho, Guilherme Afif Domingos, disse que todas as 15 agências do Banco do Povo e postos de atendimento para a formalização do MEI serão abertas nas distritais até o final deste mês. "Este programa é o BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento e Econômico Social) do empreendedor paulista. Também vai agilizar a inclusão social e econômica de quem está na informalidade". Participaram do evento o secretário especial do MEI, Natanael Miranda dos Anjos, e o secretário de Modernização, Gestão e Desburocratização, Rodrigo Garcia.

A nova unidade está localizada na Rua Galvão Bueno, 83, no bairro da Liberdade.


Veja também: Banco do Povo de São Vicente completa 10 anos com quase R$ 2 milhões em créditos concedidos

Fonte: Diário do Comércio - São Paulo - 09/02/2010
Texto: Mário Tonocchi
Foto: Patrícia Cruz/LUZ